O casamento no parque da Gabriella e do Luis

Esses noivos viram na crise uma oportunidade de fazer algo diferente. Com isso, além de salvarem um parque, realizaram o seu casamento com o apoio dos fornecedores da cidade. Vejam como foi o casamento no parque da Gabriella e do Luis.

Antes de tudo, é preciso entender um pouco o contexto do casório.


A história do parque

Existem várias áreas verdes em Belo Horizonte que não tem a manutenção constante. Elas são uma das poucas opções de lazer dos moradores da região, como é o caso do Parque Bandeirante Silva Ortiz no Estoril.

Há alguns meses ele vinha sendo depredado e estava sem manutenção, até ser fechado. Os moradores solicitaram uma reunião na prefeitura e descobriram que eles não tinham mais condições de manter vigia durante o dia, portanto as opções eram o parque ficar aberto o tempo todo ou fechado o tempo todo. Para que o parque não fechasse a mãe da noiva ficou responsável por abri-lo e fecha-lo todos os dias, além de conseguir parceiros para manter o local. A Gabriella e o Luis decidiram ajudar soldando corrimões, pintando banheiros, conseguindo patrocínio com comerciantes, etc.

Enquanto tudo isso acontecia, eles já pensavam em se casar, pois moravam juntos há quatro anos. Foi então que surgiu a ideia de fazer uma troca de votos intimista num piquenique do amor (com autorização da prefeitura, claro!).

Eles publicaram a história em um grupo de noivas e receberam a colaboração de diversos fornecedores dispostos a colaborar com o projeto dos noivos e do parque.

Amei a criatividade desses dois!


A história de amor

Eles se conheceram há cerca de 4 anos e meio. Ela acabava de sair de um casamento e ele também. Ela já tinha um filho, o André com 5 anos de idade.

Logo que ela se separou achava que seria uma tarefa difícil encontrar outro alguém e conciliar com o filho, mas foi algo mágico, eles tiveram a sintonia perfeita e em pouco tempo já não conseguiam se desgrudar.

No final de 2012 eles passaram a morar juntos e descobriram que estavam grávidos da Valentina, mas com as despesas do dia a dia foram adiando o sonho do casamento.

Em janeiro deste ano descobriram que estavam esperando mais um bebê e pensaram: Agora é a hora! Começaram a pesquisar tudo sobre casamento sem contar a ninguém sobre a gravidez.  Estipularam uma data limite pra pagar tudo, mas devido à crise e alguns percalços na empresa deles viram que seria inviável. Daí juntaram esse projeto ao parque e deu tudo certo!

O casamento virou um projeto muito maior do que eles imaginavam e pode inspirar centenas de noivinhas pelo país. Viva o amor!

Veja só, nas palavras da Gabriella, porque ela disse sim:

“Eu disse sim porque desde o primeiro dia que conheci Luis sabia que ele seria a luz da minha vida, e como disse nos meus votos, ele é meu chão, meu esteio, minha família e meu caminho”.

Confira as fotos desse casamento no parque.

1 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 2 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 3 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 4 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 5 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 6 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 7 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 8 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 9 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 10 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 11 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 12 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 13 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 14 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 15 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 16 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 17 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis 18 - o casamento no parque da Gabriella e do Luis

Saiba mais sobre o projeto aqui.

Fotos: Pedro Carvalho e El Santana.   

Elaine Crisóstomo

Noiva, ama comida, filmes e viagens. Faz visitas sazonais a academia, formada em relações públicas e especialista em marketing.