Festa de Noivado

Hoje em dia, a festa de noivado serve para comunicar formalmente aos familiares e amigos mais íntimos a intenção do casal. Não é obrigatória, fica a critério dos dois iniciar a maratona de festas desde o noivado (antes dos chás, jantares com padrinhos e o casamento em si) ou deixar as comemorações para depois, já que não faltarão oportunidades.
Antigamente a festa era paga pelos pais da noiva, atualmente é muito comum de ser realizada pelos próprios noivos.

Vamos começar?!

Dúvida número um dos seus convidados: Para quando é o casório?
Ela disse sim (ou ele). A partir de então é importante escolher data do casamento. Se puder já marcar no local da cerimônia melhor ainda. Essa é a primeira pergunta que todos irão te fazer.

Nós recomendamos fortemente (fortemente) que o pedido seja feito antes da festa e já tenha sido aceito. Caso opte por um noivado surpresa, tenha muita, mas muita certeza de que existe vontade das duas partes, ok?


Os convidados

Os pais dos noivos, parentes próximos e amigos íntimos, de preferência amigos do casal.

Por ser uma festa simples e intima, ou seja, não é um mini casamento, não necessita de convites impressos e grandes pompas. Você pode convidar a todos por telefone ou redes sociais mesmo, quem sabe criando um evento no Facebook ou mandando um convitinho on line lido assim:


Decoração

A decoração traz um charme para a festa. É uma grande oportunidade para ir treinando o “faça você mesmo” (Do it yourself – DIY). Com ideias simples você cria o clima e dá o tom da festa.

Para os amantes de bebida, fica fácil com garrafas vazias.

 

Use velas. Você não precisará de mais nada.

 

Ou bexigas.

 


Os noivos

Para a noiva, a dica é investir em roupas leves. Não exagere no vestido e maquiagem. Brilhos e lantejoulas podem ficar para outro dia.

Invista em uma unha bem feitinha, hidratação da pele e depilação nos dedos, lembre-se que a sua mão aparecerá muita nas fotos do brinde e com a aliança.

Já os noivos mais formais podem usar camisa. Isso já basta (além de fazer barba e cabelo, meninos, o básico às vezes deve ser lembrado).


Comida

Pode ser um almoço, jantar ou brunch (é uma mistura de café da manhã e almoço – breakfast + lunch), depende do horário escolhido para a comemoração. Os domingos são ótimos para brunchs, já que a maioria das pessoas acorda um pouco mais tarde nesse dia.

Você pode contratar um serviço de buffet ou fazer (também vale pedir ajuda para alguém) aquele comidinha gostosa que todo mundo adora e não tem erro. Quanto mais você simplificar nessa hora melhor, afinal de contas você não vai querer se preocupar com comida bem na hora do seu noivado.

comida-gordonVale a macarronada da mamãe (aliás, massa é sempre bom quem quer economizar) ou o único prato que sua irmã sabe fazer. Teste antes e mande ver!


O Brinde

Deve haver um pequeno discurso do noivo falando sobre seus sentimentos, a decisão pedir a amada em casamento e um brinde para oficializar o pedido. Normalmente o rapaz prepara o discurso com antecedência – mas saiba que na hora nada vai sair como o planejado. O importante é pedir e ponto.

O noivo deve ficar a vontade, pois é um momento cheio de emoção e nervosismo. Sendo assim, a noiva também deve ficar tranquila – nada de ficar pressionando o rapaz. Não espere perfeição, espere amor.

Importante: O noivo pede a permissão dos pais para pedir a amada em casamento, não a pede em casamento para os pais. Cuidado para essa parte e acabar pedindo para o sogro e não para a garota.
Caso ainda não tenham colocado aliança, eis a oportunidade perfeita.


Lembrancinhas

Não são necessárias. Fique tranquila.


Presentes

Não, gata. Você ganhará presentes no chá de cozinha (chá bar ou de lingerie) e no casamento. Presente é bom, mas ainda é cedo.


Fotos

Tire muitas fotos. Você precisará de fotos com vocês, amigos e parentes no dia do casamento. Aproveite a oportunidade.

Pode-se contratar um fotógrafo profissional. Ele te entregará um material lindo e de qualidade superior, ou pedir para alguém da família ficar encarregado dessa tarefa e isso lhe trará uma boa economia.

Lembrando que não há leis absolutas. Nada tem que ser de jeito algum. O casal deve dar o seu tempero a cada uma das comemorações. Esta é só a primeira.

Bom noivado!

Elaine Crisóstomo

Noiva, ama comida, filmes e viagens. Faz visitas sazonais a academia, formada em relações públicas e especialista em marketing.