O casamento da Tati e do Ari, com muito DIY e fotos criativas

A Tati e o Ari se casaram em uma cerimônia durante o dia, pois queriam algo fora do tradicional, divertido e despojado. Para eles, em um casamento assim é mais fácil destacar a beleza e cada detalhe da decoração, da natureza e as fotos ficam mais iluminadas e coloridas.

E pelas imagens você verá que esse raciocínio faz sentido.

Eles se conheceram no aniversário da prima dele em fevereiro de 2011 e foi amor à primeira vista. Mas nem tudo acontece tão rápido quanto queremos, não e mesmo? A festa acabou e eles ficaram sem saber o nome um do outro. Ele até perguntou para um amigo sobre ela, mas o amigo não sabia o nome da Tati, então ficou por isso mesmo.  Sem Facebook (é, a vida era assim em 2011), passaram-se seis meses até que ela o viu conversando com outra prima pelo MSN e finalmente começaram a trocar mensagens.

Um mês depois trocaram alianças de namoro.  

Do namoro até o casamento foram 5 anos e nesse tempo a Tati pode ter a mais absoluta certeza do seu amor. Para fazer o pedido foi feita uma festa intimista e lá o Ari pediu a mão dela em casamento e claro que a Tati disse sim. Por quê? Veja só o motivo nas palavras da noiva:

Por que você disse o sim?

“Eu disse sim porque o amo e realmente ele é o homem que quero ter ao meu lado para o resto da vida. Todas as vezes que penso em planos para o futuro, mesmo sem perceber, ele está incluso; já faz parte de mim, pois os anos de namoro foram realmente os melhores das nossas vidas – fora o dia do casamento claro que foi maravilhoso – ele me faz bem assim como faço bem a ele”.

Que lindo!

Agora vamos à parte prática, na qual eles colocaram a mão na massa e fizeram vários DIY’s para o grande dia.

A papelaria todinha foi elaborada pela noiva e a parte de recortar algumas das damas de honra adultas ajudaram (parceiras!). Ela também fez o convite dos padrinhos, diferente do das damas de honra e dos pajens, o convite oficial, porta retratos com frases, buquê, as canetas do livro de assinatura (um dia antes do casamento DIY dá trabalho!), as lembrancinhas dos padrinhos e dos convidados. Aliás, toda a papelaria que ficou colorida e divertida com toques de chalk e aquarela. Dá uma olhada nas lágrimas de alegria.

Depois de tanta dedicação, a Tati nos dá uma força deixando dicas para noivas que estão passando pelo processo de organização do casamento.

“O mais importante é se organizar e ter tempo para isso, separar cada coisa por etapas e segui-las corretamente. Quem for colocar a mão na massa é imprescindível que tenha em mente referências de cores e ideias para definir que tipo de decoração e qual sentimento quer transmitir no grande dia. E com certeza se divertir com tudo! É uma fase maravilhosa onde se é bajulada por todos e você pode se usar a imaginação, mas nunca se esqueça a festa tem que ser uma reprodução da personalidade dos noivos”.

Felicidades ao casal. Vamos às fotos (repare na seleção especial que ela fez com os padrinhos, madrinhas e damas de honra).

Mundo das Canecas

Fotos: Daniel Gorla

Facebook | Instagram | Canal Youtube | Twitter

Whatsapp - 700x140


Elaine Crisóstomo

Noiva, ama comida, filmes e viagens. Faz visitas sazonais a academia, formada em relações públicas e especialista em marketing.